Berçário integrado em projeto mutante

Desenvolvido como trabalho final da matéria de Colors for Interiors da Moore College em Philadelphia, PA, o quarto de bebê considerou uma planta real, existente no bairro de Pinheiros em São Paulo. 

No projeto, o quarto teve as paredes removidas e o banheiro integrado. A idéia é facilitar o dia-dia nos primeiros meses e fazer com que o ambiente se adapte às necessidades da criança de acordo com seu desenvolvimento. Sem as paredes fica mais fácil climatizar o ambiente e acomodar todo o mobiliário para o bebê e a mãe como cadeira de balanço, poltrona para amamentar e cama de babá.

No futuro, saem o berço e o trocador; entram a parede de drywall com a porta do banheiro e um armário lateral, criando um closet fechado. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário